SAMU em apoio no atendimento dos casos de dengue em Arcos.

A cidade de Arcos está em alerta desde dezembro, quando foi decretado estado de emergência devido ao grande número de casos de dengue no município.  O último Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa) realizado na cidade apontou alto risco para proliferação do mosquito que, além da dengue, transmite a febre chikungunya e o zika vírus.

Diante deste dado e a grande procura por atendimento médico de pessoas com sintoma de dengue, diversos setores da prefeitura se uniram e estão intensificando as ações de enfrentamento desta epidemia.

Responsáveis pela área da saúde na cidade e solicitaram uma reunião com a diretoria CIS-URG Oeste para pedir apoio nos atendimentos dos casos de dengue. Esta reunião foi realizada última sexta-feira (11), e participaram a diretora da vigilância epidemiológica Ângela Margaret, o secretário de saúde Júlio Cardoso, a diretora do Pronto Socorro de Arcos Aline Arantes. Do SAMU participaram José Márcio Zanardi, diretor executivo, Thamara Lessi, coordenadora de Enfermagem, Larissa Martins, coordenadora do Núcleo de Educação Permanente (NEP). Na oportunidade foram alinhadas as formas de apoio do SAMU no atendimento dos pacientes. Aqueles com classificação C e D, que são os casos mais graves, instituição regulará as transferências para outras unidades para tratamento mais intensivo.

“O SAMU nos atendeu prontamente, com muita eficiência. A gente fica muito feliz! Sabemos que a demanda é grande, mas com essa parceria estamos conseguindo ter uma boa resolutividade diante dos casos”, comenta Júlio Cardoso, secretário de saúde de Arcos.

Devido à época propícia para a proliferação do mosquito Aedes aegypti, o CIS-URG Oeste, através do NEP, promove no dia 07 de fevereiro, de 08 às 12 horas, no auditório vermelho da Faculdade Pitágoras Campus Divinópolis, o I Seminário de Manejo Clínico da Dengue. O evento é gratuito e tem o intuito de ampliar o conhecimento dos profissionais atuantes na área da saúde da região sobre as viroses emergentes e propiciar melhores condições para o enfrentamento dos atuais desafios da vigilância e da atenção à saúde. As inscrições poderão ser feitas a partir do dia 17 de janeiro, na aba NEP do site do CIS-URG Oeste.

15 de janeiro de 2019