CIS-URG completa quatro anos de fundação nesta segunda-feira (2)

O Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Ampliada Oeste para Gerenciamento dos Serviços de Urgência e Emergência (CIS-URG) completa nesta segunda-feira (2), quatro anos do início de suas atividades. O Consórcio foi criado pelos 54 municípios da Região Ampliada de Saúde (RAS) Oeste, que acreditaram na possibilidade de fundar na região o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que está há nove meses fazendo a diferença nos atendimentos de urgência e emergência do Centro-Oeste.

O presidente do Consórcio Ailton Duarte ressalta que esta data tem de ser sempre consagrada com muito otimismo e esperança. “Hoje significa que passamos por quatro anos de luta e vencemos. Já conseguimos implantar o SAMU que é realidade e estamos prestando um serviço cada vez melhor para comunidade e vamos continuar assim. Pedimos a Deus que ilumine a todos que integram nosso Consórcio”.

O secretário-executivo do CIS-URG, José Marcio Zanardi agradece toda equipe do CIS-URG e  gestores que integram o Consórcio. “Temos trabalhado muito, mas podemos muito mais. Agradeço a toda diretoria, colaboradores, equipe administrativa e nosso presidente e prefeito Ailton, todos os prefeitos e gestores, bem como, o Governo do Estado, na pessoa do secretário Nalton Moreira. Vamos avançar na qualidade e continuar salvando vidas com o nosso Lema: Unir para Salvar”, destacou.

“O SAMU é uma grande conquista para todas as cidades da região e é uma vitória para todos os municípios que participaram dessa implantação. De agora pra frente sabemos que será cada vez melhor”, ressaltou o prefeito de Bom Despacho, Fernando Cabral, 1º vice-presidente do CIS-URG.

“O SAMU veio para suprir uma lacuna que os pequenos municípios tinham em relação à urgência e emergência. Afinal, só os municípios agindo sozinhos encontram muitas dificuldades de fazer esses encaminhamentos dos pacientes e o SAMU deu vazão a toda essa demanda. Estamos muito felizes em participar do Consórcio. O SAMU veio para ficar, sem ele não saberíamos como proceder em diversos casos”, avaliou o prefeito de Cláudio, José Rodrigues Barroso de Araújo, 2º vice-presidente do CIS-URG.

2 de abril de 2018