II Simpósio de Trombólise.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Acidente Vascular Cerebral (AVC) é a segunda causa de morte no mundo e a principal causa de incapacidade no adulto.

Considerando essa constatação e visando criar os Centros de Atendimento ao AVC, envolver a população para o reconhecimento precoce do problema, conduzir os casos baseados em protocolos rígidos e evidências científicas consistentes, com o intuito de reduzir mortes e sequelas decorrentes de AVC, o CIS-URG Oeste, através do Núcleo de Educação Permanente (NEP), realizou na segunda-feira, dia 09 de março, no auditório do Laboratório Central, das 09 horas ao meio dia, o II Simpósio de Trombólise. O evento foi especial para gestores de seis hospitais envolvidos com o atendimento aos pacientes vítimas de AVC da Região Ampliada de Saúde Oeste e teve como objetivo coordenar as ações para implantação da Rede de Assistência ao AVC.

O médico neurocirurgião, Dr. Fidel Castro Alves de Meira, membro titular da Academia Brasileira de Neurologia e o enfermeiro e educador científico, Dr. Igor Sampietri abordaram temas relacionados ao Acidente Vascular Cerebral.

“Esse encontro é para que a gente consiga contemplar a construção de uma rede de AVC, de atendimento a um paciente que sofreu um Acidente Vascular Cerebral e com isso que ele tenha o melhor atendimento no tempo mais correto e que consiga se enquadrar dentro dos melhores protocolos que existem hoje. Não dá pra gente pensar nisso sozinho, então o SAMU com essa proposta de integração, começa pelos hospitais e em breve vamos estender para a comunidade também.”, enfatiza, Marco Aurélio Lobão, diretor técnico do SAMU.

9 de março de 2020